É um funeral ou um triunfo?

  • Yuri Ataide
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

“É um funeral ou um triunfo? ” Esta pergunta, que foi feita no dia do enterro de Guido Maria Conforti, ecoou em mim, quando participei da trasladação dos restos mortais de padre Mario Cordani sx e de Sandra Pierobon do cemitério até o “campo espiritual São José” em Acará-Pará.

 Foi neste lugar maravilhoso atrás da igreja matriz da cidade, que estes dois missionários, que doaram a vida para este povo, foram colocados: um lugar que é meta de peregrinações e de grande espiritualidade. Foi assim que o pároco Pe. Sebastião quis honrar a memória deles.

9           9              9

A celebração começou com a trasladação dos corpos, a procissão luminosa e a santa missa presidida pelo padre Saul, nosso regional do Brasil Norte; a seguir uma vigília que durou a noite inteira, alternada pelas várias pastorais, e o encerramento de manhã com a santa missa presidida pelo dom José Maria, bispo de Abaetetuba. Durante a homilia destacou que os xaverianos fizeram um trabalho maravilhoso em Acará e na diocese toda; assim profetizou dizendo que desta terra abençoada surgirão santas vocações xaverianas.

                         5           5              4

O povo de Acará, os xaverianos, o clero local junto com o seu bispo, fizeram assim homenagem á estes dois missionários que nunca serão esquecidos nesta cidade. Realmente, este momento foi um triunfo seja no céu como na terra. 

                8.jpeg        3.jpeg           1.jpeg

 

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018