Nossa Missão no Brasil

Por uma igreja pobre, missionária e pascal

Comprometida com a libertação do homem todo e de todos os homens
(Documento de Medellín, Juventude, 15a)

Aviso

Google Geocoding API error: Couldn't find passed in address (Rua Marechal Rondon 1885, Bairro São Francisco, Tabatinga AM, Brasil).

Diocese de Alto Solimões
Google Plus

Diocese de Alto Solimões

Comunidades Diferentes

Comunidades Diferentes

Em entrevista Dom Adolfo Zon, Missionário Xaveriano e bispo da diocese de Alto Solimões, fala dos desafios pastorais como missionário.

Em mais de dois anos como bispo, quais foram as mudanças que o senhor experimentou na própria vida de missionário?

A mudança maior, de minha parte, tem sido o crescimento de uma maior capacidade contemplativa. Eu estou vindo do estado brasileiro do Pará onde vivi por 21 anos; o fato de ter chegado aqui neste lugar tão diferente me levou a ter uma atitude mais contemplativa e reflexiva. A tentação, de fato, é aquela de repetir tudo aquilo que tenho feito no itinerário pastoral vivenciado até agora. Se funcionou, se deu certo... Por outro lado, preciso tomar cuidado porque se trata de povos diferentes daqueles em que eu estava anteriormente, povos que têm um próprio ritmo e um estilo de vida. Tudo isso tem que ser levado em conta no momento de planejar e realizar uma ação pastoral. E isso não tem sido fácil. É preciso termos muita paciência. E, além disso, é necessário conhecer bem a realidade local e, naturalmente, levar em consideração as orientações da Igreja no Brasil. As coisas aqui não são fáceis até por outra razão: aqui estamos vivendo numa realidade de fronteira.

As comunidades têm direito à Eucaristia

As comunidades têm direito à Eucaristia

“acreditamos muito  nos ministérios leigos, nos quais destacamos a efetiva participação das mulheres”, dado que “as necessidades ainda são grandes e as nossas características regionais exigem soluções diferenciadas”.

O III Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal, realizado em Manaus de 20 a 23 de agosto, foi um passo importante para o processo do Sínodo da Amazônia. Os 58 bispos presentes refletiram sobre os elementos mais importantes e as medidas a serem tomadas pela Igreja da Amazônia neste pouco mais de um ano que nos separa da Assembléia sinodal, a ser realizada no Vaticano em outubro 2019 .

Mensagem final do III Encontro dos Bispos da Amazônia Legal

Mensagem final do III Encontro dos Bispos da Amazônia Legal

Manaus, 21 a 23 de agosto de 2018

AMAZÔNIA: NOVOS CAMINHOS PARA A IGREJA E PARA UMA ECOLOGIA INTEGRAL

 “A glória de Deus é o ser humano vivo e a vida do ser humano é a visão de Deus; se já a manifestação de Deus pela criação dá vida a todos os seres que vivem sobre a terra quanto mais a revelação do Pai pelo Verbo dá a vida aos que veem Deus!” (Santo Irineu de Lião, Contra as heresias, IV, 20,7)

A Igreja Católica presente na Amazônia, em nove países, está em processo de preparação do Sínodo Especial para a Amazônia a ser realizado em outubro de 2019. Nestes dias – de 21 a 23 de agosto – está acontecendo em Manaus, o III Encontro desse processo de reflexão. Desta vez estão reunidos bispos, religiosos e leigos de toda a Amazônia Legal.

Endereço

  • Rua Marechal Rondon, 1885 Bairro São Francisco
  • 69640-000
  • Tabatinga
  • AM

Contato

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018