luca-augusto1.jpg
  • Missionários Xaverianos
  • Artigos

Faleceu com mais de cem anos Pe. Augusto Luca

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

(Gazzetta di Parma) - “Artista da comunicação missionária” poderia ser o titulo pertinente a ser atribuído ao Pe. Augusto Luca, missionário xaveriano, que há poucos dias faleceu, com a idade de 100 anos e onze meses, ele escreveu dois livros sobre o que desde sempre foi o maior amor da vida dele, Jesus Cristo e a Igreja.

Ele foi um missionário que caminhou por mais de um século e que viveu com vigor e participação toda a transformação que a Igreja realizou a partir do Concilio Vaticano II. Acompanhou a Igreja atravessando a história como novidade de vida, percorrendo todos os quatro continentes aonde as missões dos missionários de São Guido M. Conforti estão presentes, era último sobrevivente dos Xaverianos, que conheceu pessoalmente São Guido como estudante xaveriano.

Pe. Augusto Luca, antes da saída como missionário para o Japão, aonde trabalhou por mais de 15 anos em uma paróquia que tinha dois leprosários com mais de mil enfermos cada um, revelou intuições e capacidade competência inventando e usando algumas ferramentas da comunicação social em vista da evangelização.

A partir de uma equipe de padres liderados por ele nasceu o instrumento de comunicação missionária que ainda hoje existe: o informativo mensal “Missionários Xaverianos” que nos anos de mais ardor chegou à tiragem de 250 mil exemplares.

O movimento CEM (Centro de Educação para a Missionariedade e depois para a Mundialidade) acompanhado depois com a revista “CEM Mundialidade” nasceu também pelas suas capacidades e pelos seus projetos a fim de realizar o ideal do Fundador dos Xaverianos: “fazer do mundo a Família”.

luca augusto2O CEM, ainda hoje, está comprometido com a atividade de animação, formação e cooperação, na convicção de que a educação tem uma tarefa chave na atual mudança de época.

Pe. Luca, também colaborou com muito vigor com a revista fundada por São Conforti “Fé e Civilização” da qual durante muitos anos foi diretor.

No retorno para a Itália, Pe. Luca foi nomeado ‘Prefeito das Missões Xaverianas’. Sempre no campo da Comunicação Missionária, sendo professor, cultivou de muitas maneiras a arte da palavra com inúmeros livros, publicações, artigos, palestras, aprofundando vários assuntos com competência e qualidade.

Pela capacidade na arte da comunicação, foi escolhido como postulador de algumas causas de beatificação, entre as quais a do Fundador dos Xaverianos.

Mestre de vida espiritual com as pregações a várias congregações nas regiões da Itália; ele foi também confessor e diretor espiritual, sobretudo os últimos anos, quando residia na Casa Madre dos Xaverianos de Parma, aonde faleceu o dia 12 de março 2018, faltando apenas um mês para fazer 101anos de idade.

(Agenzia Fides 16/04/2018)


Tradução do Pe. Gabriel Guarnieri sx

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018