História dos Leigos Missionários Xaverianos

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Os Missionários Leigos Xaverianos tem como finalidade atuar de forma organizada, vivendo, testemunhando a dimensão missionária ad-gentes que é própria de toda a Igreja na espiritualidade e carisma de São Guido Maria Conforti, na família, na comunidade, no trabalho, onde estiver.

Sendo corresponsável com a Animação Missionária na Igreja local, estimulando a vocação missionária leiga e religiosa em sintonia com a Congregação dos Missionários Xaverianos e diretrizes da Igreja, desenvolvendo iniciativas e ações que promovam a paz, a tolerância, o diálogo inter-religioso, a solidariedade universal, a fraternidade e a justiça com os pobres e excluídos à luz da perspectiva do Reino de Deus anunciado por Jesus Cristo.

Em novemlogo_missionários_xaverianos.jpgbro de 2009, em Hortolândia (SP) organizou-se uma Assembleia com as lideranças dos grupos, ex estudantes xaverianos e lideranças que mesmo sem haver um grupo na paróquia tinham uma sintonia, interesse pela missão. A Assembleia possibilitou conhecer as realidades de cada local, apresentar os missionários xaverianos e sua atuação no mundo com uma formação consistente. Além de permitir que as pessoas de diversas localidades pudessem perceber que tinham sonhos em comum.

Em 2012 foi eleita a primeira coordenação em Assembleia e aprovado o Estatuto Jurídico. Também foi criado o blog/Página dos LMX (Leigos Missionários Xaverianos).

As reuniões da coordenação foram possibilitando criar laços de amizade entre os Leigos das diversas cidades do Brasil e com os padres xaverianos também e inclusive os estudantes e noviços.

No início de 2016 houve o convite do bispo xaveriano Dom Adolfo Zon para conhecer a realidade da Diocese do Alto Solimões na Amazônia. E em agosto do mesmo ano a coordenadora Patricia Nunes teve a oportunidade de passar dez dias na região e conhecer um pouco das necessidades e possibilidades de vivência e ação para uma futura Missão Leiga. Experiência essa que em novembro de 2016 foi apresentada em Assembleia e se tornou para os Leigos Missionários Xaverianos da região com o objetivo comum de trabalho – é um sonho, mas um sonho possível e que a pequenos passos temos trabalhado para realizar a médio prazo.

Vale lembrar a iniciativa da leiga Elizete Toledo junto a Igreja do Paraná que resultou em uma missão na África – Guiné Bissau (Quebo – Projeto Paulo VI) por 60 dias. Essa experiência também foi partilhada na Assembleia de 2016 e foi motivadora para os grupos. Clareou o entendimento de onde podemos focar esforços para realizar Missão além fronteiras, que é no Alto Solimões (AM).

Enfim, mesmo caminhando a pequenos passos, entendemos que está-se evoluindo. Se no coração se mantem a fé a missão vai se realizando aos poucos e se tornando efetiva no dia a dia. Pois, acreditamos, que a missão se faz com os joelhos dos que rezam, as mãos dos que ajudam e os pés dos que partem, não sendo isso necessariamente uma ordem, e podendo acontecer em conjunto ou não.

Patrícia Nunes (coordenadora)

LMX-MG (2).jpg

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018