cpt.jpg

Assassinatos no campo batem novo recorde

  • Missionários Xaverianos
  • Novidades
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulga em 16 de abril de 2018, os dados de assassinatos em conflitos no campo no Brasil em 2017.

Novamente esse tipo de violência bateu recorde, e atingiu o maior número desde 2003, com 70 assassinatos (confira aqui a tabela). Um aumento de 15% em relação ao número de 2016.

* CLICK: Confira aqui a tabela - Assassinatos Conflitos no Campo 2017 (CPT Assessoria de Comunicação

Dentre essas mortes, destacamos 4 massacres ocorridos nos estados da Bahia, Mato Grosso, Pará e Rondônia. Destacamos, ainda, a suspeita de ter ocorrido mais um massacre, de indígenas isolados, conhecidos como “índios flecheiros”, do Vale do Javari, no Amazonas, entre julho e agosto de 2017. Seriam, pelas denúncias, mais de 10 vítimas.

Contudo, já que o Ministério Público Federal no Amazonas e a Fundação Nacional do Índio (FUNAI), não chegaram a um consenso, e diante das poucas informações a que a CPT teve acesso, por se tratar de povos isolados, o caso não foi inserido na listagem por ora apresentada.

A CPT ressalta, todavia, que, além dos dados de assassinatos que constam nesta relação, há muitos outros que acontecem na imensidão deste país e que só a dor das famílias é que os registram. “A publicação da CPT é apenas uma amostra dos conflitos no Brasil”, dizia Dom Tomás Balduino, bispo emérito de Goiás (GO) e um dos fundadores da Pastoral.


Fonte: CPT

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018