tailandia.jpg

Inauguração e benção da Igreja nova na Tailândia

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Sábado, dia 28 de abril 2018, o bispo de Nakhon Sawan, Joseph Pibul Visitnondachai inaugurou e abençoou a Igreja nova e paroquial dedicada a São José operário. A Igreja fica na aldeia km 48; e o nome da aldeia se explica pelo fato de que fica a 48 km de Mae Sot a cidade mais próxima.

Somos três xaverianos padres  Thierry Kengne, Reynaldo F. Tardelly e Giovanni Matteazzi e trabalhamos nesta paróquia e estamos vivendo aqui há quase 4 anos com a missão de conduzir a paróquia e de evangelizar as muitas aldeias no entorno do KM 48 e a sul do Km 48 até Um Phang, uma pequena cidade 120 km mais a sul.

Um dos primeiros pedidos que os nossos paroquianos nos fizeram quando chegamos, era julho 2014, era o pedido de construirmos uma Igreja nova maior do que a anterior. Lembro que nós xaverianos, sorrindo, tínhamos respondido a este apelo dizendo que a nossa presença na Tailândia não era para a construção de Igrejas e que, mesmo querendo, não tínhamos dinheiro suficiente (respondemos sorrindo porque em Tailândia o fato de sorrir é muito valorizado e é mais fácil aceitar receber um ‘não’ quando este ‘não’ foi dito sorrindo). A nossa opinião era que a Igreja que lá estava era acolhedora, aconchegante e mais do que suficiente para comportar a quantidade de fieis da nossa paróquia.

De vez em quando alguém na paróquia lembrava o pedido que nos foi feito, às vezes falando sério e às vezes com tom de brincadeira. Dois anos atrás, terminando a Missa no dia da festa da paróquia, o sacerdote presidente da celebração, padre Prachuachop, (que tinha sido um dos primeiros párocos desta paróquia e que, também, tinha  construído a Igreja anterior) sem nos avisar anunciou solenemente que estava oferecendo 500000 Baht (mais ou menos 52000 reais) como doação para a construção da Igreja nova.

Um rico chinês de Mae Sot, que estava na festa, imediatamente ficou de pé e ofereceu também 500000 Baht: foi desta forma que, com alegria e as palmas do nossos paroquianos, começou a construção. Depois da festa, preparamos panfletos a serem distribuídos em algumas paróquias de Bangkok onde nós xaverianos já somos conhecidos: o intuito dos panfleto era arrecadarmos mais doações e de fato, passado mais ou menos um anos, conseguimos duplicar a quantidade de dinheiro que tínhamos no começo. Claro que também os nossos paroquianos contribuíram com generosidade cada um como podia; e, sobretudo, prontificaram – se para os serviços necessários para o termino da obra: a calçada ao redor da Igreja, a arrumação da área perto da Igreja, a pintura dos muros e, também, a limpeza geral antes da inauguração de sábado. E sábado 28 de abril os sorrisos dos nossos paroquianos desde as crianças até os idosos, expressavam toda a alegria e satisfação por causa da Igreja nova.

Muitos dos nossos paroquianos participaram da inauguração vestindo o habito mais tradicional do povo Akha, o grupo étnico ao qual pertence a maior parte dos nossos paroquianos. Padre Alessandro Brai, o nosso superior em Thailândia, veio saiu de Bangkok juntamente com dois catequistas e uma irmã xaveriana, Eudoxie. Outra xaveriana Antonella Grosso saiu de Nan juntamente com a primeira e por enquanto única postulante. Alguns padres das paróquias mais ‘próximas’ participaram da celebração com um grupo de fieis juntamente com três padres da Birmânia (a Birmânia não fica muito distante), algumas irmãs que trabalham na cidade de Mae Sot e dois diáconos da diocese de Nakhon Sawan e que vão ser consagrados este ano.

Estavam presente conosco também 2 pastores da Igreja Batista (na nossa aldeia existem bem 11 Igrejas protestantes) e também um grupo de refugiados da Birmânia que tiveram a permissão de sair do campo de refugiados de Um Piam que é o lugar onde padre Matteazzi vai com muitas vezes para celebrar a Missa. A Igreja nova estava cheia e ficou equipada por causa da inauguração com cadeiras de plástico por enquanto alugadas (quando tivermos o dinheiro vamos fazer bancos de madeiras); cheio, também, estava o espaço em face da Igreja. Presentes mais ou menos 300 pessoas. Depois da Missa, a confirmação da validade da inauguração tem sido carimbada por um almoço farto e gostoso, almoço oferecido a todos pelos nossos paroquianos que começaram a prepara-lo desde sexta feira.

E a Igreja anterior? Vai ser espaço que usaremos para encontros de catequese e outras atividades. E São José, padroeiro da Igreja nova que está de frente à anterior do outro lado da rua, vai continuando a interceder por nós

Tradução Gabriel Guarnieri

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018