Entre fé e vida

Terça, 08 Outubro 2019

Tempo Comum

Lc. 10,38-42

Em escuta do espírito

O Senhor está atento às tuas súplicas. Ele não olha tanto aos teus pecados, quanto ao teu desejo de conversão. Pede-Lhe este desejo, suplica-Lhe que te dê a conhecer a alegria de viver na fidelidade à sua Palavra, deixando tudo quanto o mundo te propõe como caminho de felicidade, ao arrepio dos seus mandamentos. Hoje não é tempo para facilitar na fidelidade a estes mandamentos, pois eles definem o caminho justo. É fácil dizer que Deus é Amor e esquecer que o Amor tem exigências maiores do que qualquer outra relação. Pede ao Senhor que esteja atento à tua súplica, que te vá convertendo ao Amor e às suas exigências... e começa assim a tua oração: Vem, Espírito de amor!

Em escuta da Palavra

Naquele tempo, Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra. Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!” O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”.

Comentário

Marta, mais que ocupada, está pré-ocupada. E entra em competição com Maria. Jesus alerta-a: “estás perturbada com muitas coisas, mas uma só coisa é necessária”. Fixa-te nesta tensão que engana: muitas coisas dividem, uma só unifica! Jesus unifica. Ele é aquilo que interessa. Se rezas ou trabalhas, faz por Ele e com Ele: é o único necessário que unifica. A melhor parte não é o rezar ou trabalhar. O melhor é: o que quer que faças, faz com Cristo e por Ele.

Juventude Missionária Xaveriana

Vídeo e áudio