Meu pastor, nada me falta

Segunda, 13 Mai 2019

Tempo Pascal

Jo 10, 1-10

Em escuta do espírito

Há quem faça da oração uma ideia triste, tomando-a por coisa enfadonha, capaz de aborrecer qualquer um. Não deixes que seja assim contigo. Se estás com o teu Senhor, Aquele que dá sentido à tua vida, não tens razão para estar triste. E mesmo que as circunstâncias sejam difíceis, para lá delas fica sempre a alegria de teres Deus na tua vida. Procura fazer destes minutos um tempo de alegria interior... e com este desejo começa a tua oração.

Em escuta da Palavra

Naquele tempo, disse Jesus: “Em verdade, em verdade vos digo, quem não entra no redil das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e assaltante. Quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. A esse o porteiro abre, e as ovelhas escutam a sua voz; ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz para fora. E, depois de fazer sair todas as que são suas, caminha à sua frente, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas não seguem um estranho, antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos”. Jesus contou-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que ele queria dizer. Então Jesus continuou: “Em verdade, em verdade vos digo, eu sou a porta das ovelhas. Todos aqueles que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os escutaram. Eu sou a porta. Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

Comentário

Qual é a revelação de Jesus em seu ministério itinerante? Não é uma doutrina; um conjunto de normas ou regras, ao contrário, é a manifestação histórica da ternura obstinada e fiel de Deus fonte de vida plena. Na porção de terra em que habitamos, também somos chamados a tornar-nos reverbero da ternura divina; uma ternura sempre combativa. O capítulo 10, do evangelho de São João, sublinha várias vezes o tema da vida. O Cristo, bom Pastor, com toda sua ternura misericordiosa, vem nos comunicar do Pai a vida plena que vem do alto. Aqui surge o fio de ouro que liga toda a obra ininterrupta de Deus a toda criatura: sua obra sempre transmitiu a vida, "para fazer o universo viver e ser santificado".

Missionários Xaverianos

Vídeo e áudio