Corpo de São Francisco Xavier atrai milhões em Goa

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Milhares de cristãos foram sábado, 22, em Goa, no sul da Índia, para o primeiro dia de exposição dos restos mortais de São Francisco Xavier, o missionário espanhol jesuíta que chegou no século XVI à costa ocidental indiana.

A exibição do corpo do santo, em um caixão de vidro, é feita a cada dez anos. A expectativa é que cerca de 5 milhões de peregrinos irão à ex-colônia portuguesa durante as cinco semanas de exposição. Goa é uma das mais renomadas localidades turísticas da Índia e atrai cerca de 3 milhões de estrangeiros por ano.

As relíquias foram levas em procissão sábado à "antiga Goa" da Igreja Bom Jesus até a Catedral da Sé, aonde permenecerão exposta até 04 de janeiro. As autoridades organizaram um esquema de segurança para a multidão e dispuseram mais de 100 câmeras de circuito fechado.

 Segundo a crença, o corpo do santo, que morreu na China em 1552, é ‘incorruptível’. Uma relíquia (o braço direito) está conservado na Igreja de Jesus, no centro de Roma. Na época do domínio português na Ásia, Goa era considerada a “Roma dos Trópicos” e Francisco Xavier, um dos fundadores da Companhia de Jesus, foi enviado pelo Papa como Núncio Apostólico.

Por ocasião destas celebrações, o governo local organizou um torneio de futebol internacional, do qual participa também o time do Brasil.


Fonte: news do vaticano