Ano da Reconciliação na África de 29 de julho de 2015 a 29 de julho de 2016

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Windhoek - As Comissões "Justiça e Paz" devem estar no centro dos programas pastorais para a reconciliação, paz e desenvolvimento promovidos por diversas Conferências Episcopais da África.

Foi o que disse Dom Gabriel Justice Yaw Anokye, Arcebispo de Kumasi e Vice-Presidente do SECAM em seu discurso de abertura do Congresso intitulado "A justiça e paz a serviço da reconciliação e do desenvolvimento integral na África", realizado na capital da Namíbia, Windhoek, de 12 a 15 de março.

AFRIC

De acordo com um comunicado enviado à Agência Fides, Dom Anokye, que também é presidente da Comissão Justiça, Paz e Desenvolvimento do SECAM, sublinhou que "não devemos ter medo de chamar o mal com o seu nome ou de corrigir os males da sociedade, se quisermos um continente verdadeiramente reconciliado."

O Arcebispo recordou os muitos jovens envolvidos em conflitos na África e pediu aos políticos do continente para mobilizarem a juventude não para fazer a guerra, mas para que se torne um agente de paz e desenvolvimento.

Dom Anokye, enfim, anunciou que o SECAM declarou o Ano da Reconciliação na África de 29 de julho de 2015 a 29 de julho de 2016.


Fonte: Radio Vaticano.