Primeira Profissão Religiosa Missionária

  • Giomar Henrique Clemente
  • Novidades
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

'Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo” (Jo 21, 17)  

A Igreja espalhada no mundo inteiro celebrou com alegria neste domingo, 03 de julho de 2016, a solenidade dos apóstolos Pedro e Paulo, colunas importantes na caminhada milenar da mesma, que continua a ser trilhada em nossos tempos por meio dos seus pastores e de cada batizado que assume a sua vocação cristã. Pedro, um dos doze apóstolos, que de pescador em mar aberto passou a ser ‘pescador de homens’, discípulo, a partir do encontro com o Mestre (cf. Mc 1,16-18). Paulo, aquele que de perseguidor dos seguidores de Cristo, tornou-se o anunciador, consequência do encontro com Jesus Cristo no caminho de Damasco (cf. At 9,1-19). É assim considerado o apóstolo da missão universal, aquele que partiu para os lugares distantes, sobretudo aos gentios.

Concentrar a atenção nestas duas figuras da Igreja, remete-nos a olhar a nossa vida e contemplar a missão que o batismo nos confere no contexto do século XXI, marcado por inúmeras realidades que desafiam a vivência da fé. Sair do comodismo e adentrar a profundidade que o discipulado exige é fundamental. No entanto, nutrir este chamado só é possível por meio da oração, lugar de encontro diário com o centro de toda vocação, Jesus Cristo. Não existe outro caminho, a não ser se colocar na escola do Mestre para aprender com Ele a ser discípulo missionário. Anunciamos não apenas palavras ao vento, mas, sobretudo uma Pessoa que nos cativou a ponto de vendermos tudo para segui-lo, como destaca a parábola do tesouro, “Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens, e compra esse campo” (Mt 13,44). O papa Bento XVI na encíclica Deus Caritas est  enfatiza que “Não se começa a ser cristão por uma decisão ética ou uma grande idéia, mas pelo encontro com um acontecimento, com uma Pessoa, que dá um novo horizonte à vida e, com isso, uma orientação decisiva”.

Para os Missionários Xaverianos, esta festa se reveste de significado mais que especial, agregando amplitude particular com a Celebração da Primeira Profissão Religiosa Missionária dos jovens que vivenciaram a etapa do Noviciado. Com a profissão dos votos, têm-se a entrada oficial na congregação como Xaveriano, e a partida para as Teologias Internacionais como continuidade formativa. O tempo do noviciado desafia e prepara o vocacionado para aguçar os sentidos e todo o seu ser a conformar-se à Jesus Cristo, caminho, verdade e vida (cf. Jo 14, 6). Segundo as Constituições Xaverianas, em seu número 63 “A índole missionária do Instituto exige do noviço que se exercite, sob a orientação do mestre, para harmonizar tempos de oração e tempo de atividade e para fazer da atividade apostólica o lugar de sua habitual união com Deus”. A consagração por meio dos votos religiosos é a decisão livre daqueles que querem seguir o Mestre nesta opção de vida.

A primeira profissão religiosa “[...] destina-se a levar o candidato à escolha definitiva da vida Xaveriana, através de um amadurecimento e de uma confrontação no dia-a-dia do novo estilo de vida. Para completar este amadurecimento e esta verificação é útil o contato experimental com outras culturas, especialmente de missão” (Constituições Xaverianas nº 65). É com esta alegria que partilhamos com vocês as marcas deste acontecimento ímpar vivida neste final de semana em nossa comunidade do Noviciado, com a consagração do nosso irmão Evanderson Luiz de Abreu.

A semana toda foi momento de preparação, não somente para nós da Comunidade Formativa, mas, para todo o povo de Deus da Paróquia São Guido Maria Conforti, e assim de outros lugares, como Curitiba, Londrina, Cantagalo, Laranjeiras do Sul (PR), Piracicaba, São Paulo (SP), que partilham do nosso carisma e nos acompanham na caminhada vocacional. Foram tantos os gestos de carinho, responsabilidade, cuidado, presença, colaboração, do povo que cujos laços se traduzem na maravilhosa presença de Deus.

Acolhemos em nossa casa, na quarta-feira, 29 de junho, a Ir. Catarina da Silva, Missionária de Maria Xaveriana. Na sexta-feira, 01 de julho, pela manhã, o diácono Ivanildo Quaresma, xaveriano que concluiu os estudos de teologia na Itália e se prepara para a ordenação presbiteral a ser celebrada em agosto desse ano, na diocese de Abaetetuba (PA). A noite, acolhemos os irmãos da casa formativa de Londrina, Comunidade do Seminário Menor (Pe. Augustin Mukanba, Lucas Oliveira, Lucas Rafael, Luiz, Wagner) e de Curitiba, Comunidade de Filosofia (Pe. Crispin, Pe. Thiago, Juliano, Leonardo, Gleucon). Foram presenças que somaram com o acontecimento da Primeira Profissão Religiosa e trouxeram alegria para todos nós.

Homilia Pe Thiago 2

No sábado, 02 de julho, nos reunimos para o momento de partilha vocacional com o Ivanildo, conhecendo assim um pouco da sua história, caminhada, missão, entre outros aspectos oportunos. Foi momento de se alegrar com o chamado que Deus nos faz a cada instante, renovando nossa resposta de adesão no carisma de São Guido Maria Conforti, além de sonhar com os futuros lugares de estudo e de missão.

A tarde, por volta das 13:15hs, acolhemos o povo de Curitiba e Laranjeiras (PR). E como já é práxis em Hortolândia, as famílias locais, dentre eles, Leigos Missionários Xaverianos, os abrigaram nas residências.

Nosso agradecimento especial à cada um e cada uma que se dispôs a vir celebrar conosco este acontecimento, sobretudo às famílias que colaboram na hospedagem.

No domingo, 03 de julho, o dia esperado por todos, nos reunimos para celebrar a Eucaristia às 9:00hs, na Comunidade Santa Edwiges (Paróquia São Guido). Presidiu a santa missa, o nosso Superior Regional Pe. Domênico Borroti, concelebrada pelos demais irmãos xaverianos que trabalham na região. Tivemos também a significativa presença do Pe. Luigi Menegazzo (Superior Geral) e o Pe. Mario Mula (Vigário Geral), recém-chegados ao Brasil para iniciar a visita na Região Xaveriana Brasil Sul. A celebração foi marcada por uma grande presença do povo e realizada com alegria, preparada com carinho por toda a comunidade. Destaque para a acolhida da Palavra de Deus, feita pelos jovens do grupo Kairós, assim como, a procissão das ofertas e o momento de ação de graças, realizada pelos acólitos e coroinhas.

Evanderson paisA reflexão das leituras e do evangelho, feita por Pe. Thiago, acentuou o chamado vocacional, suscitado a partir da pergunta que Jesus Cristo faz aos seus discípulos “E vós, quem dizeis que eu sou?” (Mt 16,15), ao qual Pedro responde “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo” (Mt 16,16).

Enfatizou que, assim como os estudantes (em qualquer nível) são submetidos à prova a cada bimestre, Jesus Cristo também nos interroga ao longo da vida “Quem eu sou para você?”. Para esta questão, as respostas não estão nos manuais didáticos, pois, é necessário fazer a experiência do encontro com Ele, acontecimento que é individual com expressão que desemboca no ambiente da Comunidade.

Assim sendo, a Vida Religiosa Consagrada Missionária, nada mais é do que expressão de amor por aquele que primeiro nos cativou.

É este amor que transborda e impulsiona a sair de nós mesmos, também pelo mundo afora, para anunciá-Lo, anunciar o Reino de Deus.

Imbuído por este ambiente festivo, nosso irmão Evanderson Luiz de Abreu professou os Votos de Missão, Castidade, Pobreza, Obediência, no Instituto Pia Sociedade de São Francisco Xavier para as Missões Estrangeiras. Prosseguirá sua formação nos próximos anos na Comunidade de Teologia em Parma, Itália. Nos alegramos com este gesto generoso do “sim” a serviço da missão universal, nos comprometendo a acompanhar em nossas orações diárias, a exemplo da comunidade que rezava por Pedro (cf. At 12,5).

Profissão 2

A missa encerrou as 11hs com a acolhida e cumprimento de todo o povo, seguida pelo almoço de confraternização, às 12:30hs.

Após o almoço, as famílias provenientes de outros lugares partiram para as suas respectivas cidades.

À nós da Comunidade do Noviciado Xaveriano, permanece sentimentos de gratidão à Deus, aos irmãos, às irmãs, aos amigos, e à todo povo que colabora através da oração e da ajuda material na continuidade de nossa formação e missão.

Todos esses acontecimentos ecoam em nossa vida e ressoam no coração o alegre convite de Jesus Cristo “Segue-me” (Jo 21, 19).

E que assim continuemos esta viagem vocacional que vale sempre mais ser empreendida, certos de que mais pessoas também sonharão conosco este sonho missionário de Fazer do mundo uma só família.

Assinatura doc

Parabéns Evanderson!

Que tua caminhada seja sempre mais iluminada e permeada de alegria onde fores chamado a ser missionário, missionário xaveriano!

Que Maria interceda pela tua perseverança e São Guido intensifique o ardor missionários em teu coração!