Pobreza e violência atingem crianças no Burundi

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Três em cada cinco crianças do Burundi sofrem atrasos no crescimento, devido à falta de rendimentos das famílias, uma situação agravada pelo fracasso das últimas colheitas e pelo aumento do preço dos alimentos.

Esta realidade deixa as pessoas em dificuldades para assegurarem os produtos necessários à sobrevivência, revelam os dados mais recentes do Índice Global da Fome.

A maioria dos burundinenses vive com menos de 1,1 euros por dia e tem dificuldades no acesso aos serviços básicos de saúde e educação.

Por outro lado, a violência nos estabelecimentos escolares está aumentando. Foram detidos mais de 200 menores desde abril do ano passado, que foram colocados em prisões com reclusos adultos. Segundo a organização Espaço Amigos da Criança, a instabilidade no país levou mais de 237 mil pessoas, metade delas menores de idade, a fugir para países vizinhos. Durante a fuga, as crianças tornam-se mais vulneráveis e correm o risco de ser exploradas, raptadas ou sequestradas por grupos armados.

Fonte POM - Fátima Missionária

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018