Doença do Ebola chega ao fim

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O chefe da missão da ONU para o Combate ao Ebola, Ismael Ould Cheikh Ahmed, está convicto que a epidemia que atingiu fortemente a África Ocidental e causou a morte a mais de 10 mil pessoas, estará controlada «até ao verão, em julho ou agosto».

Neste momento, um dos problemas com que as autoridades ainda se confrontam é com a demora no encaminhamento dos doentes para os hospitais.

Em declarações à BBC, Ahmed explicou que as pessoas continuam a levar os doentes aos serviços de saúde demasiado tarde, o que diminui as chances de sobrevivência e aumenta a possibilidade de transmissão do vírus. «É importante que as pessoas percebam que quando trazem os doentes no primeiro ou no segundo dia de infecção eles têm 70 por cento mais chances de sobreviver», disse o responsável.

Entretanto, os Médicos Sem Fronteiras deram a conhecer um relatório onde criticam os governos locais e a Organização Mundial de Saúde por terem ignorado os primeiros pedidos de ajuda.

«Muitas instituições falharam, com consequências trágicas e evitáveis», devido a uma «coligação global de inação», lamentaram os dirigentes da organização.

O nome do vírus tem origem no rio Ebola, na República Democrática do Congo, região onde foi registrado o primeiro surto da doença.

Na foto de cima: Países da Africa Ocidental atingidos pelo vírus ebola.

Fonte: Fátima Missionária