Semana xaveriana no Norte do Paraná

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

No dia 11 de Agosto foi encerrada a semana missionária Xaveriana no norte do Paraná. As cidades de Centenário do Sul, Cafeara, Santo Inácio, Lupionópolis, Miraselva, Prado Ferreira e Jaguapitã acolheram com carinho a celebração dos 60 anos dos xaverianos no Brasil. OBRIGADO!!

http://www.jornaldelondrina.com.br/cidades/conteudo.phtml?tl=1&id=1398644&tit=Dom-Geraldo-Majella-celebra-60-anos-da-missao-xaveriana

Centenário do Sul: cidade xaveriana, cidade abençoada!

(Ir. Carla Zagato, xaveriana)

A primeira paróquia que os missionários assumiram no norte do Paraná, foi Centenário do Sul no ano 1953. Em seguida foram “esticando a tenda” e abrangendo  várias outras paróquias aos arredores. No mês de Agosto de 2013 se repetiu o mesmo processo: os festejos começaram  em  Centenário do Sul   e a partir dai    foram alcançadas outras  paróquias como Miraselva, Prado Ferreira, Lupionópolis, Cafeara, Jaguapitã e outras mais, para recordar , celebrar,  animar e despertar novas vocações.

Mas para Centenário não foi só isso: aí teve algo mais algo de especial! Esta cidade teve como primeiro pároco Padre Aurelio Basso que, após ser expulso da China com outros missionários da época, foi enviado  ao Brasil. Este Padre tanto fez pela cidade e pelo seu povo que, após  sua morte, mereceu ser sepultado  na igreja por ele construída. Centenário deu também várias vocações à família xaveriana, seja masculina como feminina.

Entre estes tinha Padre Gerson Galvino, primeiro Xaveriano a sair da sua terra para ir e fixar sua tenda na terra  que Deus lhe tinha confiado: Republica Democrática do Congo. Após alguns anos, Padre Gerson foi chamado de volta ao Brasil para AMV.  Numa destas  viagem missionárias, Padre Gerson teve um acidente na estrada e morreu queimado no carro, junto a outro xaveriano: o Padre Wagner. Foi uma perda enorme para a Congregação e para a Igreja!! Os restos mortais foram levados até Centenário, sua cidade e sepultados no cemitério local.

Hoje, após 23 anos, os restos foram retirados e colocados numa urna  ao lado dos restos do Padre Aurelio na própria igreja paroquial . A cerimônia bem curada começou no cemitério para terminar na igreja: as urnas foram carregadas pelos missionário e missionárias presentes ate o altar. Após  a Santa Missa houve a deposição  das respectivas urnas no local já bem preparado.  Ao longo de todo o desfile, como a própria cerimônia foram  acompanhados  com o som da banda e o cortejo da fanfarra.

Por coincidência ou...Providencia, como a gente de fé, gosta mais de acreditar, estavam presentes duas irmãs xaverianas: Bete Ferreira nativa de Centenário, hoje missionária na Tailândia e Maria de Oliveira de Sta. Mariana, hoje  missionária no Congo que, como ela mesma confessou, foi graças ao “empurrão espiritual” do  Pe. Gerson que teve a coragem necessária para “deixar sua terra e ir onde Deus  a estava enviando”.

Irmã Maria, junto ao Pe. Agostinho, missionário xaveriano  do Congo, chegou a entoar e cantar  uma musica em língua congolesa. Para concluir houve levantamento   da bandeira da “Semana Missionária Xaveriana” oferecida  pelo Prefeito e estouro de foguete. Não faltou mesmo nada!

Eis algumas fotos da semana:

basso aurelio 

gerson na igreja apae cente

cafeara matias capelinha

carla escola joao e dom geraldo

padres21