Cada batizado um missionário

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Outubro é o mês missionário, cada ano a Igreja nos convida a não esquecer a nossa vocação missionária. Este ano tem o tema: "Enviados para testemunhar o Evangelho da paz" e o lema: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8) que vem ao encontro com a Campanha da Fraternidade que refletiu sobre a superação da violência.

Além do mais neste ano o mês de outubro também acontece o Sínodo dos jovens em Roma, além da canonização de dos grandes pastores o salvadorenho Dom Óscar Arnulfo Romero e o Papa Paulo VII, que serão canonizados em 14 de outubro. Eles são dos grandes ícones da renovação da Igreja.

Celebrar o Mês missionário nos lembra que todo batizado é discípulo missionário, compreendendo que a própria Igreja não tem como finalidade a si mesma, mas está a serviço da missão e do Reino, do qual é princípio, sinal e instrumento. Portanto, a missão nasce no coração da Trindade, é de Deus e Deus é Missão. Ela nasce em nós pelo batismo e pelo encontro com Jesus que envia os discípulos anunciar o evangelho a todas as culturas e povos.

Olhando para o mundo de hoje podemos distinguir três âmbitos da missão:

  • A ação pastoral, no âmbito culturalmente cristão, junto aos cristãos militantes presentes na comunidade.
  • A ação evangelizadora, no âmbito laico da sociedade secularizada, tendo como destinatários os cristãos afastados na sociedade secularizada.
  • A missão ad gentes, no âmbito religioso, social e cultural de outro povo, isto é, aos não-cristão.

Sermos discípulos missionários nos faz preocuparmos com o anúncio inculturado do Evangelho, o diálogo ecumênico e inter-religioso. Também não podemos esquecer os areópagos das comunicações, das ciências, da política, da economia, das relações internacionais, entre outros âmbitos. Sem perder o engajamento nas causas transformadoras da sociedade, na promoção da dignidade humana, da justiça, da paz entre os povos e o cuidado da criação.

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018