150 aniversário do natalício de São Guido

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

São Guido Maria Conforti nasceu em 30 de março de 1865, na cidadezinha de Casarola di Ravadese (Itália). Ele foi o oitavo filho de Reinaldo Conforti e Antônia Adorni. Portanto, estamos celebrando o 150 aniversário do nascimento do santo fundador dos Missionários Xaverianos.

Desde a sua infância teve grande inclinação pela oração, ao longo do caminho para a escola passava pela Igrejinha da Paz, que tinha um grande Crucifixo, ele entrava e rezava. Quando bispo recordava aquele Crucifixo: "Eu olhava para Ele e Ele olhava para mim e parecia que me dissesse tantas coisas".

O Crucificado despertou-lhe a vocação sacerdotal e missionária.

Certamente a vida do pequeno Guido foi marcada pelos colóquios com Cristo na cruz. O crucifixo de braços abertos que abraçava todos os povos da terra.

A vocação Missionária veio da leitura da biografia de São Francisco Xavier, o grande missionário do Oriente, quando ainda era seminarista. Ele sentiu que a obra missionária estava incompleta, tentou ser missionário na China, mas as dificuldades impostas para realizar a vocação pessoalmente deu-lhe a força suficiente para fundar uma congregação missionária, constituída em 03 de dezembro de 1895, na cidade de Parma (Itália), deste modo, foi possível dar continuidade ao sonho de São Francisco Xavier de Evangelizar a China e o mundo.

guidoSão Guido, quando foi nomeado bispo soube conciliar o trabalho pastoral da diocese de Parma com o trabalho missionário.

Ele teve a sabedoria de harmonizar ao mesmo tempo a Igreja Local com o desfio da missão universal entre os não cristãos, enviando missionários para China, deste modo realizando o ideal de fazer do mundo uma só família. Inclusive, animando missionariamente à Igreja da Itália, fundando a Pontifícia União Missionária em conjunto com o Pe Paulo Manna.

Ele foi um missionário incansável, que também visitou os seus missionários na China, pouco antes de morrer.

São Guido morreu santamente em Parma (Itália) em 05 de novembro de 1931, foi beatificado por João Paulo II, em 17 de março de 1996, e proclamado santo por Bento XVI em  23 de outubro de 2011.

A Campanha da Fraternidade deste ano de 2015, nos propõe o tema: Igreja e Sociedade, com o lema: "Eu vim para servir" (cf Mc 10,45), com a intenção de aprofundar o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade, propostos pelo Concílio Vaticano II na edificação do Reino de Deus.

São Guido, no seu tempo e com os meios que estavam a seu alcance, viveu este grande ideal, sendo missionário universal e agindo na Igreja diocesana de Parma, marcada por uma sociedade laicicista e secularizada.