Missionário brasileiro no Japão

  • Michel da Rocha
  • Artigos
0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

A paróquia onde sou pároco é composta por 70 cristãos em Izumisano – Osaka (Japão). É uma paróquia formada na maioria por japoneses que vieram de Nagasaki, o centro cristão do Japão, para trabalhar nas fábricas de toalhas e na produção de cebolas.

Por serem de Nagasaki, esses cristão tem uma fé muito profunda, e por isso, toda a família participa da paróquia. Na paróquia nós desenvolvemos os cursos bíblicos e também a catequese das crianças.

A paróquia faz parte de um chamado ¨bloco¨ junto com mais outras duas paróquias, também guiadas por outros dois Xaverianos. Nós fazemos muitas atividades juntos. Isso é muito bom. Depois o nosso bloco está inserido no Decanato, que tem mais outras 6 paróquias. Também ali nós Xaverianos damos a nossa contribuição nas atividades missionarias.

japao micheMoro a 150 metros da Casa Regional, e por isso, também dou uma mão na assistência aos nossos confrades anciãos quando tem que ir nos hospitais e fazer alguma coisa fora.

Já a segunda dimensão, que não é separada da primeira é a creche. A creche onde estou tem atualmente 235 crianças. Nós temos 20 professoras, e de segunda a sexta-feira eu estou completamente envolvido na condução da creche. Por ser cristã, o nosso trabalho além de ser aquele de dirigir com toda a burocracia e tarefas de uma creche normal, nós também damos a formação cristã seja às professoras como às crianças. Além disso, qualquer coisa que precise, como até problemas com eletricidade e água, somos nós que resolvemos. A creche não tem zeladora. Somos nós mesmo os responsáveis pela manutenção e limpeza da creche.

Com essas duas dimensões o meu tempo é cheio, mas faço mais um serviço também para a Diocese e a Conferência Episcopal Japonesa. Na Diocese, sou encarregado de acompanhar o grupos de brasileiros que são presentes nas paróquias da Diocese. Com isso, depois de celebrar a missa em japonês na minha paróquia, no período da tarde vou nas paroquias da Diocese e celebro missas em português para os brasileiros.

Além disso, fazemos também dois Retiros Espirituais no ano: um na Quaresma e outro no Avento. Este ano o retiro de quaresma foi para 40 brasileiros. A nível da Conferencia Episcopal Japonesa, eu faço traduções oficiais dos textos do japonês para o português.

Como dá para notar, depois do imenso esforço para aprender a língua japonesa, e também me inserir na cultura, acredito que estou realizando o sonho missionário do nosso Fundador, São Guido, pois estou muito feliz naquilo que estou fazendo.

Pe. Michel da Rocha, sx.

japao jaoa