Angola: a paz devolve o sonho de uma nova mentalidade

Lubango (RV) - O bispo da Arquidiocese do Lubango, Dom Gabriel Mbilingue, afirmou sexta-feira (01/04) que a paz devolveu aos angolanos o sonho da reconstrução de uma Pátria nova de mentalidade, nova no acolhimento e na convergência de esforços para a sociedade e solidária.

“Renascia assim o sonho onde as almas pudessem falar em ordem da reconstrução de uma pátria nova, nova na partilha dos dons e bens que Deus, na sua bondade, dotou Angola e os angolanos, nova na justiça (…)”, acrescentou.

Ao dissertar numa conferência sobre o tema “A visão da Igreja sobre a paz”, o prelado disse que no dia 4 de abril Angola virou uma importante página da sua história e deu início à era da restauração nos domínios da vida social, política, econômica, cultural e religiosa.

Considerou ainda que, com esta conquista, os angolanos viram renascer a esperança de viver em paz e com dignidade: “Passamos, desde então, a ter diante de nós o desafio da consolidação da paz, da unidade e da reconciliação nacional”.

Para Dom Gabriel Mbilingue, a paz é “dom do nosso Deus Pai, que não quer ver seus filhos viverem desavindos, mas em harmonia; Ele se serve dos acontecimentos, das pessoas para realizar o seu desígnio de amor e da libertação do homem e da mulher”.

“A paz de Cristo de que fala a Igreja é antes de tudo a reconciliação com o Pai, que se realiza mediante a missão apostólica confiada por Jesus aos seus discípulos”, enfatizou.

Sobre a visão da Igreja sobre a paz, disse ser necessariamente uma visão cristã, apoiada na certeza de que nos vem da confiança em Deus, Pai misericordioso e Senhor da história feita pelos homens. A organização foi da Rádio Nacional de Angola.

Na ocasião, foram também honrados a memória e o sacrifício de todos os que se engajaram nas diferentes frentes para que a paz hoje fosse realidade.


(CM) (from Vatican Radio)